>
A arte de construir sorrisos

Especialidades

Implantes Dentais

O que são?

Implante dentário é um cilindro (pino) de titânio colocado dentro do osso, abaixo da gengiva e que tem a função de fazer o mesmo papel da raiz do dente. Em cima do implante é que o cirurgião dentista coloca o dente.Esse dente pode ser colocado imediatamente após a cirurgia(carga imediata)ou após algumas semanas(depende da força de travamento do implante no osso).

Para quem é indicado o implante?

Você é um candidato ideal caso:
  • Esteja faltando um ou mais dentes;
  • Seu crescimento maxilar esteja completo;
  • Sua prótese removível não esteja confortável e /ou esteticamente inadequada;
  • Falta estabilidade e/ou retenção de sua prótese removível;
  • Sua prótese o deixa inseguro;
  • Tenha dificuldade na mastigação

Finalidades do implante

  • Recuperar a função dos dentes e a beleza do sorriso;
  • Preencher os espaços dos dentes ausentes,substituir próteses removíveis e fixas, quando estas por algum motivo não agradam o paciente;
  • Melhora na qualidade da mastigação: com o implante a sobrecarga em dentes remanescentes diminui;
  • Frear a reabsorção óssea: o osso alveolar sustenta os dentes para permitir a mastigação. Quando a pessoa perde um ou mais dentes esse osso perde sua função e é reabsorvido pelo organismo. Ocorrendo a reabsorção as conseqüências estéticas e funcionais debilitam progressivamente a mastigação e a arcada dentária.

Carga Imediata: Seu sorriso de volta em 24 horas!

Nova técnica de implantodontia que em apenas um só ato cirúrgico permite ao paciente receber o implante pronto com a prótese provisória ou definitiva. Sem precisar esperar mais que 24 horas. Devolvendo ao nosso paciente os dentes perdidos, a estética do sorriso e a função mastigatória. Para os pacientes que não possuem nenhum dente na boca, voltarão a mastigar os alimentos normalmente com total segurança. Isto se deve ao aprimoramento das técnicas cirúrgicas, associado às mudanças ocorridas nos desenhos e superfícies dos implantes, e ao melhor conhecimento e experiência do profissional. Após análises clínicas e exames complementares, como tomografia computadorizada e modelos tridimensionais, o paciente é avaliado como sendo ou não um possível candidato a carga imediata.